Rio Grande do Norte tem mês de janeiro mais chuvoso desde 2004, diz Emparn

 


O Rio Grande do Norte teve o mês de janeiro mais chuvoso dos últimos 18 anos e registrou volume de precipitações 160,7% acima do esperado para o período. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (1º) pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). 

O caso ocorre após um ano de 2021 com chuvas abaixo da média estadual. 

Segundo a unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, a média de chuvas esperada para o primeiro mês do ano, pré-estação chuvosa no estado, era de 55,2 milímetros (mm) enquanto que a observada foi de 144 mm. 

Com isso, janeiro de 2022 ficou com o maior acumulado pluviométrico registrado desde 2004, na comparação com o mesmo período dos anos anteriores.

Postar um comentário

0 Comentários