As taradas do Severina. Gringo defendeu a sua noiva natalense que foi chamada de puta

Quarteto de taradas no Severina tenta tomar o gringo da noiva natalense.


O gringo, sua noiva e um amigo, sentaram ao lado de quatro garotas e um rapaz. Saíram da parte interna por causa do calor e foram para área externa, onde estavam as garotas e o amigo.  

O gringo, sua noiva e o amigo estavam confraternizando uma despedida, pois o noivo estava de viagem marcada. Era a última noite dele em Natal.

As garotas começaram a paquerar o gringo. Todos perceberam na mesa dele, mas mantiveram a discrição e evitaram ser grosseiros com as insistentes investidas das meninas ao gringo.

Tudo estava sob controle até uma das quatro garotas falar em alto e bom som que a noiva do gringo era uma "puta". "Ela deve ser puta dele. Ele tá pagando tudo nessa mesa", falou uma das "meninas".

Todos ouviram, o noivo levantou e partiu para tomar satisfação. Assim foi o início do tumulto registrado num vídeo veiculado no blog de Gustavo Negreiros.

O amigo do casal, que estava no bar com eles, falou com o blog. "Gustavo Negreiros faz questão de colaborar com o preconceito. Ele denomina o casal de "acompanhante e o gringo". Falei com ele, expliquei, pedi para tirar o vídeo e ele disse que não faria", reclamou o amigo do casal.

Em tempo: lá vem problemas para o grande Gustavo Negreiros. Poderia já ter feito nota dizendo que foi contatado e trazendo a versão do amigo do casal. Gosta de receber "pancada", tudo bem!

Em tempo 2: o casal está de casamento marcado, a garota é uma cidadã de bem da nossa cidade e foi, na minha opinião, a mais sensata de todo o episódio.

Em tempo 3: para as meninas desesperadas por homem, vou dar uma sugestão: vão ao pagode do "Nós no Samba", lá no PÂMPANO ESPORTE CLUBE. No pagode de Eri, Salgadinho e Wellington, sobra homem. Mas, não vão se meter com homem que já esteja acompanhado. É "pau de dar em doido" as meninas do samba. Se metam não! Domingo depois do meio dia, na Praia do Meio, o "couro come no centro". 


Postar um comentário

0 Comentários