A zona norte de Natal poderá ter o primeiro deputado federal da história

Para deputado federal. 
Milklei Leite, Luiz Pena (Diretório Nacional) e Rivaldo Fernandes. Decisão deverá ser tomada em poucas semanas.


Via: Saiba Mais

O presidente estadual do Partido Verde (PV) do Rio Grande do Norte, Milklei Leite, que é vereador em Natal, confirmou que além dos projetos políticos para o Legislativo, a sigla está em processo de formação de uma federação e que está comprometido com a eleição de Lula em âmbito nacional e com a reeleição de Fátima Bezerra (PT) no Estado.

“Como tem sido noticiado, o PV está em processo de formação de uma federação com outros PT, PSB e PCdoB, diante disto, esse grupo majoritariamente só poderá lançar um candidato ao Governo e um ao Senado, nesse caso, o grupo estará junto em prol da reeleição da Governadora Fátima Bezerra e nacionalmente estamos com Lula”, afirmou Milklei à reportagem do Saiba Mais.

Sobre as nominatas, o vereador registra que “o PV vinha organizando e montando um grupo de pré-candidatos vislumbrando vagas na Assembleia Legislativa e Câmara Federal, com a Federação tivemos que mudar os planos e estamos escolhendo os melhores nomes para lançar nas chapas proporcionais do grupo dos quatro partidos. Como vereador de Natal e com atuação concentrada na região metropolitana tínhamos o desejo de lançar nosso nome para uma vaga na Assembleia Legislativa, mas diante dessa federação, O presidente nacional do PV, Luiz Penna, defende nosso nome para ocupar uma das vagas de deputado federal, que já foi do nosso partido com Paulo Wagner”, assinala.

Sobre a pauta de campanha, Milklei registra que “nossa bandeira será o desenvolvimento sustentável das cidades e o a proximidade do poder público das comunidades. Como líder comunitário e vereador da capital, ainda vejo as esferas estaduais e federais distantes do povo. Tocaremos em causas do nosso partido como a preservação dos nossos mananciais de águas, no Rio Potengi e Lagoa do Bonfim pedem socorro, e isso não parece importar. O Rio Doce, que passa por municípios do estado como Extremoz e Natal, está definhando aos nossos olhos e ninguém faz nada. Sabemos que esses temas não são populares as vistas de políticos tradicionais, não trazem votos. Mas é nosso dever lutar por tudo isso e iremos defender essa bandeira”, disse.

PLANO DIRETOR

O presidente do PV não se furtou a falar sobre as polêmicas que envolvem o Plano Diretor de Natal, que segundo especialistas, agride em alguns pontos, o meio ambiente e a qualidade de vida dos cidadãos. “Entendemos que o Plano Diretor é um instrumento poderosíssimo e importante para o desenvolvimento das cidades, também avaliamos seu poder de nocividade quando é mal construído. Infelizmente os pontos mais delicados do Plano Diretor envolvem questão que impactam diretamente o meio ambiente. A forma que ele é decidido, por votação de 29 vereadores, não seria a mais adequada na nossa opinião, a sociedade civil organizada e a população, deveria além de discutir o tema, deveria opinar e ter voto. A verticalização da orla e de edificações que limitam a contemplação da paisagem, bem como construções no entorno do Parque das Dunas, deveria ser permitida por meio de plebiscitos, sem falar nas Zonas de Proteção ambiental e interesse social”, defende.

Em tempo: a Federação ao qual o PV deverá estar inserida, inviabiliza uma eventual candidatura de Milklei para deputado estadual. A concorrência é muito pesada. No PT tem Francisco e Divaneide; no PSB tem Hermano Morais e o candidato de Souza, que desistiu da reeleição; no PCdoB tem os vereadores de Natal, Júlia Arruda e Pedro Gorki.

Em tempo 2: a matemática do voto para essa Federação, segundo analistas é a seguinte: a chapa deverá eleger entre três e quatro deputados. Será briga de "gente grande".

Em tempo 3: e tem mais: deputados estaduais que querem compor o palanque de Fátima Bezerra e Carlos Eduardo são muitos. Vários pretendem mudar de partido.

Em tempo 4: Ubaldo Fernandes e Eudiane Macêdo, são dois exemplos. Eles precisam de partidos e tem que ser dessa Federação. 

Em tempo 5: esses partidos vão topar recebê-los? Qual o direcionamento que os atuais deputados dessa futura Federação vão tomar? Recebem deputados de mandato fora os que já estão dentro? 

Em tempo 6: uma reunião marcado para essa semana ainda, vai decidir esse encaminhamento. 

Em tempo 7: candidato a deputado federal, Milklei tem uma ótima chance. Ele sai da concorrência com dezenas de candidatos que invadirão a zona norte e parte sozinho, como o único candidato oriundo daquela região. Inteligentíssima a ideia de mudar o rumo.

Em tempo 8: Milklei poderá fazer dobradinha com vários candidatos a estadual. É bom para o partido e ótimo para o vereador verde.

Em tempo 9: a zona norte tem quatro vereadores e pelo menos mais quatro suplentes. Cada um deles vai "descer" com seu candidato para os bairros da ZN e para Milklei seria uma batalha desigual. Essas candidaturas vêm revestidas de muita estrutura e muito "carinho". O povo fica de braços abertos esperando a visita desses candidatos e seus "sorrisos". 

Em tempo 10: para federal, Milklei caminhará quase solitário e as portas se abrirão para um candidato "enraizado" na região. Leite é reconhecidamente o candidato da Zona Norte. Dedica 100% do seu mandato a proporcionar dias melhores para os seus conterrâneos. 

Postar um comentário

0 Comentários