Chapa que não precisa nem de eleição? PT, MDB e PDT.


Walter Alves, segundo um blogueiro com acesso direto ao gabinete cívil, está garantido como vice na chapa de Fátima.

Já o simpático - e cumpridor de compromissos políticos/eleitorais - Carlos Eduardo, falta muito pouco. 

A dúvida do PT é a seguinte: a chapa da oposição fará "cócegas"? Quem será o companheiro de Rogério Marinho na dobradinha senado/governo? Se for um nome agregador, como o do presidente da assembleia, Ezequiel Ferreira, aí sim, a chapa deverá ser essa. 

Em tempo: Carlos aceita na hora, é só assobiar.

Em tempo 2: para o senado na chapa de Fátima, quem ela chamar topa. A avaliação que se faz é que ela se elege e levará junto o seu senador, seja ele quem for - com exceção de Mineiro.

Em tempo 3: Ezequiel abre mão de qualquer coisa para ser o senador de Fátima.

Em tempo 4: a certeza que se tem até agora é de que Walter só não será o vice do PT se não quiser. O convite foi feito e sem exigências. Pode até ficar no MDB que tá tudo bem.

Em tempo 5: o blog acha que essa chapa é imbatível. 

Em tempo 6: atenção Rogério, tira Carlos Eduardo desse palanque, homem! Corra!

Em tempo 7: "João Paulo Prato" - Jean Paul Prates em francês, se conseguir trazer (atrair) muita 'energia' para a chapa, leva a vaga.





Postar um comentário

0 Comentários